Infertilidade: problemas também ocorrem nos homens

As causas de infertilidade são bem distribuídas entre o casal, sendo que em 30% dos casos o fator é masculino, 30% é feminino. Nos outros 30% os problemas ocorrem tanto no homem quanto na mulher, e 10% são desconhecidos. A infertilidade pode ser definida quando o casal não obtém sucesso em engravidar após seis meses de tentativas – ou seja, relações sexuais frequentes sem nenhum método contraceptivo.

Algumas doenças como varicocele, criptorquidia e infecções genitais são as principais causas de infertilidade masculina – leia mais abaixo. No entanto, através de tratamento é possível aumentar a chance de gravidez.

As principais doenças que afetam os homens

Varicocele

É a dilatação e tortuosidade das veias que fazem a drenagem do sangue dos testículos. Essa alteração provoca o aumento da temperatura dos testículos e da  dificuldade de eliminar substâncias tóxicas, prejudicando na formação de espermatozoides. O tratamento é cirúrgico.

Criptorquidia

É uma doença congênita, que se caracteriza pela descida incompleta dos testículos ao escroto, podendo ficar na região abdominal ou no canal inguinal. A correção pode ser feita através de cirurgia na infância, porém, a criptorquidia diminui a concentração dos espermatozoides e pode levar até a ausência deles no sêmen.

Infecções

As principais bactérias são a clamídia e o gonococo (causador da gonorreia), que podem alterar a produção de espermatozoides, dificultando o processo de fecundação.

Causas genéticas, que causam alteração no número ou estrutura dos cromossomos,   uso de anabolizantes, que provoca a azoospermia – ausência de espermatozoides no sêmen, e maus hábitos relacionados ao tabagismo, sedentarismo e obesidade são outros fatores que podem causar infertilidade masculina.

É fundamental que o homem busque um médico especializado para reverter este quadro, que pode ser simples ou exigir uma intervenção cirúrgica. Um exame físico da bolsa testicular e um espermograma podem ser indicados para comprovar se há algum problema quanto a fertilidade.

Os Tratamentos  

Alguns tratamentos oferecem soluções para a infertilidade masculina. O primeiro passo é realizar um diagnóstico correto do problema. Em seguida, paciente e médico devem juntos avaliar quais as melhores opções de tratamento.

A fertilização in vitro é a técnica mais indicada quando o homem apresenta alguma alteração no sêmen, que não seja possível reversão com tratamento cirúrgico ou medicamentos.

A mulher passa por indução para aumentar a produção de óvulos e os homens fazem  a coleta dos espermatozoides via masturbação ou através de punção do testículo ou do epidídimo. Os óvulos são fecundados em laboratório e formam o embrião, que entre três e cinco dias são transferidos para o útero da mulher.

Indicado para homens com baixa morfologia dos espermatozoides, o tratamento ICSI seleciona um único espermatozoide com melhor motilidade e morfologicamente mais normal, que em seguida é injetado dentro do óvulo usando uma agulha de extrema precisão. Nesta técnica é possível ver o espermatozoide com um aumento de centenas a milhares de vezes, o que permite avaliar mais detalhadamente suas características e selecionar os melhores para a reprodução assistida.

Algumas cirurgias são eficazes no tratamento de varicocele. E no caso de ausência de espermatozoides no sêmen, podem ser utilizados procedimentos cirúrgicos para a coleta dos espermatozoides diretamente do testículo ou do epidídimo.

Por:  Dr. Rodrigo da Rosa Filho (Ginecologista e obstetra. Especialista em Reprodução Humana)